O Brasil promete cooperar na COP-26. Mas é preciso ver se o governo fará o que diz

Janaína Dallan, nossa Co-CEO, concedeu uma entrevista à ISTO É Dinheiro sobre a situação do Brasil na COP-26, que começa já no fim deste mês.

 

O Brasil promete cooperar na COP-26. Mas é preciso ver se o governo fará o que diz

“De 31 de outubro a 12 de novembro, lideranças mundiais se reunirão em Glasgow, na Escócia, para a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas. No topo da agenda, as negociações do Artigo 6 do Acordo de Paris que trata da criação de mecanismo de cooperação internacional para a mitigação de emissões de gases de efeito estufa e apoio ao desenvolvimento sustentável. Com uma matriz energética limpa e com 67% das florestas tropicais do mundo em seu território, o Brasil poderia ditar as regras da discussão, mas perdeu esse papel ao adotar uma atitude negacionista e registrar recordes de desmatamento. Para Janaína Dallan, presidente da Aliança Brasil em Soluções Baseadas na Natureza, o País chegará à COP-26 sem que ninguém saiba o que esperar de suas autoridades. “A promessa do ministro [Joaquim Lopes] é que o Brasil irá cooperar para as negociações, mas é preciso ver se o governo fará o que disse. É difícil”.”

Leia mais.